abr 29, 2017
907 visualizado
0 0

Bispo Dom Pedro Carlos Cipollini celebra o Dia 1º de maio com classe trabalhadora

Publicado por:

Bispo Dom Pedro Carlos Cipollini

Como acontece desde 1980, este ano será realizada a tradicional Missa dos Trabalhadores no dia 1º de maio. Será às 9h na Igreja Matriz de São Bernardo do Campo (Basílica Menor de Nossa Senhora da Boa Viagem – Praça da Matriz s/nº – Centro – São Bernardo do Campo), tendo a celebração presidida pelo Bispo diocesano, Dom Pedro Carlos Cipollini. A missa tem sempre o objetivo de celebrar a memória das lutas da classe operária desde os trabalhadores sacrificados em Chicago (1886) até as manifestações dos dias de hoje e principalmente, da região do Grande ABC que se destacou com suas grandes greves operárias na década de 1980, fato que repercutiu em todo Brasil e em vários outros países. Naquela mesma década, quando alguns sindicatos sofreram intervenção, muitas igrejas abriram as portas para que os operários realizassem suas reuniões e assembleias e abrigassem as doações de mantimentos a eles enviadas, para fundo de greve. Na época (1979) foi formada na diocese de Santo André, a Pastoral Operária, uma pastoral social a serviço da classe trabalhadora urbana. Neste ano, o tema da Pastoral Operária para a data é: “Trabalho digno é nosso direito, lutar por ele é nosso dever” no sentido de relembrar que os direitos trabalhistas e sociais foram conquistados por lutas e movimentações da classe trabalhadora e é somente por estas mesmas lutas que se pode defendê-los, neste momento de ataques e tentativa de retrocessos, por parte dos patrões e do governo. Pelo segundo ano, a Pastoral Operária lança a Campanha “Acidente de Trabalho não é culpa da vítima”. Gilmar Ortiz, engenheiro mestre em segurança no trabalho e membro da Pastoral Operária afirma que os acidentes de trabalho são sempre causados por culpa das empresas e não de seus empregados. E desafia a quem queira provar o contrário. A Pastoral Operária também demonstra que as “reformas” trabalhista e da Previdência só aumentam esses acidentes.

Categoria do Artigo:
Cotidiano · Destaque

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.