set 7, 2017
1709 visualizado
0 0

Cidadão da História destaca moradores e instituições do “Bairro Oswaldo Cruz”

Publicado por:

Foi a vez do Bairro Oswaldo Cruz ter seus moradores, empresas e entidades homenageados pelo projeto Cidadão da História, da Prefeitura e Fundação Pró-Memória de São Caetano do Sul. A cerimônia foi realizada, no último dia 1º de setembro, no auditório da EMEF Sylvio Romero. Homenageados, familiares e munícipes lotaram o auditório da escola, para prestigiar as pessoas que entram para a memória do município de forma documentada. “É uma forma de garantir um registro para as próximas gerações. Num futuro, quando estudarem os nossos tempos, encontrarão a história de cada um aqui”, disse o prefeito José Auricchio Júnior. O presidente da Pró-Memória, Charly Farid Cury, também destacou a perenidade da ação. “Esta homenagem não se resume ao dia de hoje. É uma história de muitos anos atrás que fica documentada para sempre”, afirmou.

Cidadãos da História do Bairro Oswaldo Cruz: Antonio Julio Pedroso de Moraes, Aparecida de Lourdes Fernandes, Aurora Pereira dos Santos Salvador, Candido Honório da Silva e Dinalva Dorotéia da Silva, Carmen Ramos Avila, Delmiro Rossi e Alda Zampieri Rossi, Irma Fiorotti Monte, João Jacome Formiga, Josephina Tassacantilli Drago, Juraci Evangelista de Araújo, Lydia Debeus Perrella, Neide Elieger da Silva, Oscar Zanatta e Maria de Lurdes Buzo Perez, Sebastião Ortega e Maria Eliza Augusto Ortega, Sonia Aparecida Adorni. Empresas homenageadas: Casa da Borra Comércio de Tintas – Rafael Dias Russi; Colégio Liceu Di Thiene – Elaine Dall’Anese de Campos, Brígida Dall’Anese Canga e Marisa Santina Molinari Olivati; Dom Victor Pães e Doces – Reginaldo da Silva; Droga Fama – José Carlos Spalato; Ferrafer Comércio de Ferros e Ferragens – Toni Ferreira; Martelinho de Ouro Candelária – Geraldo de Oliveira; Restaurante e Lanchonete do Chagas – Francisco José das Chagas; Twill Clínica de Cardiologia – Dr. Alcides Pereira de Souza Filho.

Entidade homenageada: Sociedade Portuguesa de Beneficência de São Caetano do Sul – Antonio Aparecido Rubira Nogueira e Ademir Pardo.

 

Categoria do Artigo:
Destaque

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.