abr 21, 2018
12688 Views
0 0

Jornal de condenado na “Lava Jato” recebe anúncio mais que os outros

Written by

É lamentável, que uma das prefeituras que forma a sigla do ABCD, sempre procure prestigiar um jornal mais que os outros, cujo dono é condenado na operação Lava Jato. Sabe-se que as campanhas publicitárias veiculadas neste órgão de imprensa são milionárias. Ficam no ar umas perguntas; Qual o interesse de repassar o grande montante de verba publicitária? Teria o prefeito desta cidade o rabo preso com o “pastelão”? Seria um sócio oculto? Estaria trocando cobertura jornalística paga com o suado dinheiro de impostos pago pelo povo? O Ministério Público tão e somente poderia desvendar esta preferência desenfreada em relação aos outros veículos de comunicação, que além de receber menos anúncios, quando são contemplados pelo prefeito reizinho e coronel fajuto, vem a preço de migalhas. Tem ainda a mania de indicar parceiros para anunciar no velho jornaleco. Por quê? Note-se ainda que quando há publicação de anúncio sempre existem matérias divulgando o “boneco” do prefeito, não seria isso culto a imagem o que é proibido por lei? Já que o anúncio em questão ficaria como um patrocínio subjuntivo. Quanto às agências de publicidade licitadas para onde vão os astronômicos descontos, além dos 20% de lei? Nos meus 52 anos de jornalismo jamais, jamais vi um descaso deste justamente no município em que o corrupto ex-presidente, condenado também na Lava Jato adotou para ser sua segunda cidade. Seria uma maldição a adoção de critério pouco ortodoxo? Será que teria que alguém acionar o Ministério Público para esclarecer esta história dantesca do festival de dinheiro público? Vamos esperar; não muito antes que destruam os documentos desta pífia administração. Quanto ao Consórcio, louve-se atitude do prefeito de Diadema Lauro Michels e a Câmara de São Caetano de pular fora desta arapuca… O melhor seria um escritório do Governo do Estado.

Article Categories:
Editorial

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.