Home / Cotidiano / Prefeito Orlando Morando articula e consegue aprovar no Senado empréstimo para terminar obras em São Bernardo

Prefeito Orlando Morando articula e consegue aprovar no Senado empréstimo para terminar obras em São Bernardo

Senadores Eunício, Alvaro Dias e o prefeito Orlando Morando

A Prefeitura de São Bernardo, sob gestão de Orlando Morando, garantiu, no último dia 9, a autorização para contratação de crédito externo no valor de até US$ 125 milhões, com garantia da União, para a retomada de inúmeras obras inacabadas na cidade, deixadas pelo governo anterior, como o Corredor Leste-Oeste; e de saneamento, com a implantação de um sistema de drenagem para eliminar a ocorrência de alagamentos em duas áreas da cidade: no Centro e na região do Ipiranga/Vivaldi, no bairro Rudge Ramos. O aval foi concebido após crivo do Senado, em sessão ordinária no último dia 9, presidida por Eunício de Oliveira (PMDB-CE), em votação no plenário e que foi acompanhada de perto pelo chefe do Executivo de São Bernardo. A votação dos senadores obedeceu o parecer da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), emitido um dia antes e que permite a operação entre a Corporação Andina de Fomento (CAF) e São Bernardo, em recursos a ser utilizados na contrapartida do município, em projetos que foram inacabados na cidade. A conquista da atual gestão de São Bernardo destrava um dos principais dramas da cidade, que assistiu nos últimos anos, uma programação ineficaz para o início de muitas obras, sem que se fosse acompanhado a real condução dos projetos, com andamento e conclusão. “Meu agradecimento especial aos senadores José Serra, Tasso Jereissati, Flexa Ribeiro, que entenderam a importância desta pauta. Muitas são as cobranças da nossa sociedade para que os projetos possam ter continuidade. Desde o início deste governo, se pautou pelo acompanhamento intensivo de todos os trabalhos sob este aspecto. Depois de muito esforço, conseguimos dar um importante passo e dar avanço a algo importante. A Gestão precisa ser responsável, conduzindo de maneira assertiva todo o projeto que se propõe”, comentou Morando. A decisão final em Plenário atendeu pedido de urgência sugerido pelo senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO). Em seu relatório, o senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) salientou que as informações prestadas pela Secretaria do Tesouro Nacional mostram que São Bernardo atende aos limites e requisitos da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) para a prestação de garantia, pela União, ao empréstimo junto ao CAF.

Leia também...

Sem os autonomistas não existiria São Caetano do Sul

De acordo com levantamentos históricos da época, São Caetano antes de 24 de outubro de …

Marcelo Braido Dario

Hoje, dia 21, o jovem empresário Marcelo Braido Dario celebra a passagem de seu aniversário …

Nº 1271– 21 de Outubro de 2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *