Home / Destaque / Presidente do TJSP Paulo Dimas é agraciado com o título de Cidadão Sulsancaetanense

Presidente do TJSP Paulo Dimas é agraciado com o título de Cidadão Sulsancaetanense

No último dia 22, em solenidade na Câmara de São Caetano, Paulo Dimas Mascaretti, desembargador e presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, recebeu o título de Cidadão Sulsancaetanense. A iniciativa foi do vereador Tite Campanella (PPS), líder do governo no Legislativo. A Casa de Leis contou com as presenças da comunidade jurídica do município, autoridades paulistas e regionais, em evento ocorrido no Plenário dos Autonomistas. Paulo Dimas discursou a respeito do seu histórico profissional, iniciado no município de Cubatão, litoral paulista, e destacou o trabalho realizado à frente do Tribunal de Justiça de São Paulo, “com transparência, planejamento e gestão”. O desembargador falou sobre a busca da paz social nos 38 anos de carreira jurídica. “Temos vontade enorme de acertar, fazer justiça e o objetivo de promover a paz social na sociedade brasileira”, disse o magistrado, ao agradecer a homenagem. A estrutura administrada pelo presidente do Tribunal de Justiça paulista impressiona. São 44 mil servidores efetivos e 9 mil terceirizados; 2537 magistrados; e 319 comarcas em todo o estado. Em São Caetano, por exemplo, o Fórum foi promovido à entrância final, uma alteração na classificação administrativa que possibilitou melhorias na atividade dos juízes e na tramitação de processos. O prefeito de São Caetano do Sul, José Auricchio Júnior (PSDB), elogiou a estrutura da justiça paulista. “Estamos fazendo uma homenagem ao poder Judiciário de São Paulo, que realiza um trabalho ágil e eficiente. Nós que temos vida pública, lidamos todos os dias com os operadores do Direito e precisamos garantir independência e harmonia entre os poderes”, relatou o chefe do Executivo. Pio Mielo (PMDB), presidente do Legislativo, enalteceu a entrega da honraria. “São Caetano o recebe como seu mais novo cidadão. Mas, temos, há muitos anos, profunda admiração pelo seu trabalho e trajetória. Sua sensibilidade em conduzir o poder Judiciário paulista foi, de fato, a marca que moveu este Legislativo a abraçá-lo de forma unânime”, lembrou. Líder do governo na Câmara e autor da homenagem, Tite Campanella (PPS), discursou sobre a trajetória de vida de Paulo Dimas, e traçou paralelo com o município. “Sua história é parecida com a de São Caetano, é sofrida, perdeu o pai muito jovem e galgou com muito esforço o maior cargo da magistratura paulista, assim como nossa cidade que conquistou a autonomia com muitas dificuldades. Há um processo de criminalização e judicialização da política, porém, obviamente, neste contexto, não impedindo o Judiciário de fazer o seu papel. Precisa haver independência entre os poderes”, constatou o parlamentar. Amigo do desembargador Paulo Dimas Mascaretti, Dimas Ramalho, conselheiro e ex-presidente do Tribunal de Contas do estado, fez análise da conjuntura do País. “É preciso respeitar a democracia e apoiar a Constituição Federal. Ou é política, ou é guerra. É necessário esperançar. Eu esperanço pelo futuro”, finalizou, em citação ao educador Paulo Freire. Também participaram do evento o juiz diretor do Fórum de São Caetano, Dagoberto Jerônimo do Nascimento, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) da cidade, Adilson Paulo Dias, e o desembargador do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região e presidente da Academia do direito do Trabalho, Valdir Florindo.

Leia também...

Fundação das Artes de S. Caetano reduz valores das mensalidades

A diretora Geral da Fundação das Artes de São Caetano do Sul, Ana Paula Demambro …

Sberoc ganha da Braceli encerrando um período de 25 anos de jogos entre si no futebol de salão inativos

Na terça-feira última fechou a página de 25 anos de existência reunindo as equipes da …

Lucas Dias Salles

No próximo dia 19 de dezembro, terça-feira, em grande estilo, completará mais um aniversário, o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *