abr 21, 2018
17745 Views
0 0

“Todos nós somos filhos de Deus” ?

Written by

Tal declaração é uma farsa, uma falsa teologia que nem mesmo pode ser assim denominada “Teologia”? Ouve-se, eventualmente, essa afirmação que, certamente, faz parte daquilo que o Apóstolo Paulo chamaria de “o outro evangelho” (Gálatas 1:6-7). Na verdade, não é Evangelho, mas um engodo, um engano. A quem isso interessaria? O Manual do Fabricante, a BÍBLIA, ensina-mos, clara e diretamente, não só que o ÚNICO Filho de Deus é Jesus (João 3:16) mas também que, para Deus ter outros filhos e filhas devidamente legalizados pelo Plano da Redenção, da Salvação, é necessário passar pelo Processo de Adoção como um Ato Jurídico Celestial Perfeito que ocorre quando a pessoa se torna assumida pelo próprio Deus, como filho ou filha. Efésios 1:5 diz: “E nos predestinou para filhos de ADOÇÃO por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade”. Gálatas 4:5 – “a fim de recebermos a ADOÇÃO de filhos”. Portanto, em Cristo Jesus, tornamo-nos “Filhos e Filhas adotivos de Deus”, num ato espontâneo de Sua maravilhosa graça e misericórdia, pois o Apóstolo Paulo explica muito bem: “Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isso não vem de vós; é dom (presente) de Deus” (Efésios 2:8). Um ponto forte e claro, no contexto geral deste assunto que não é uma mera teoria, mas, sim, a expressão de uma realidade, encontra-se no Evangelho de João onde diz, terminantemente: “Mas a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de “SEREM FEITOS FILHOS” de Deus, aos que creem no seu nome” (João 1:12). A ilação ou dedução é clara na contundente afirmação: “SEREM FEITOS”. É indiscutível, evidentemente, que a pessoa não nasce filha ou filho de Deus, mas se TORNA filha ou filho na experiência de salvação pessoal, de conversão ou “NOVO NASCIMENTO” como o próprio Jesus ministrou esse ensino fundamental para Nicodemos, um eminente e douto Mestre em Israel (João 3:1-7). Sim, “receber Jesus Cristo como Salvador pessoal” e “tornar-se filho ou filha de Deus” por adoção! A pessoa é ADOTADA na Família de Deus e isso não é religião, é, sim, SALVAÇÃO. Poderá, então, dizer como o Apóstolo Paulo: “EU SEI EM QUEM TENHO CRIDO” (II Timóteo 1:12b). O ‘FALSO PODER RELIGIOSO’ arrisca-se a ensinar: “Todos nós somos filhos de Deus” e, fatalmente, “os incautos fiéis”, enganados vão, ingenuamente, repetindo essa cantilena sem a devida conscientização de que o Evangelho da Bíblia não é embromação, mas libertação como Jesus mesmo disse: “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (João 8:32).

Article Categories:
Artigo

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.