out 7, 2017
359 Views
0 0

Vereador Caio Funaki faz alerta para a conscientização da alienação parental

Written by

O nobre vereador Caio Funaki

Fim do casamento. A separação do casal nem sempre acontece de forma tranquila e amigável, mas a situação fica mais difícil quando há filhos envolvidos, principalmente se estiverem na fase infantil. Aí é que começam os problemas que ocorrem muito frequentemente nas melhores e piores famílias da sociedade brasileira: o ato de um dos pais, avós ou aquela pessoa que a criança ou adolescente sob sua autoridade, guarda ou vigilância de falar mal do outro genitor com o objetivo de implantar nos filhos uma imagem negativa da parte contrária. Quando isso acontece, o efeito pode ser devastador, desencadeando um fator desestabilizante tão prejudicial para os filhos que dificilmente são reversíveis. Esse problema sempre existiu e é nomeado como alienação pariental, matéria retratada na Lei nº 12.318/2010. A síndrome da alienação parental é um tema bastante discutido internacionalmente e o Brasil é um dos poucos países do mundo que possuem legislação específica sobre o assunto. Daí a importância de se falar sobre o assunto e conscientizar a sociedade sobre esse comportamento tão pouco debatido até alguns anos atrás, mas muito habitual no convívio familiar. Nesse sentido, o vereador Caio Funaki (PEN) protocolou projeto de lei na Câmara para instituir no calendário oficial de datas e eventos do município de São Caetano do Sul a Semana de Conscientização e Prevenção à Alienação Parental. O texto propõe que a campanha seja realizada anualmente na semana que compreender o dia 25 de abril – Dia Internacional da Conscientização sobre a Alienação Parental. A proposta do vereador tramita nas comissões da Casa Legislativa, que estão analisando o projeto para colocar em votação nas próximas sessões.

Article Categories:
Cotidiano

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.