mar 17, 2018
28 Views
0 0

Vereador Dr. Cristiano Gomes indica Termo de Cooperação para coleta e reciclagem de óleo

Written by

O vereador Cristiano Gomes, PSDB, protocolou no último dia 12, uma indicação para que o Executivo estabeleça um Termo de Cooperação com o Instituto Triângulo. Uma OSCIP fundada em 2003 com objetivo de realizar uma grande mobilização ecológica com a reciclagem de óleo de cozinha usado. A ideia é implantar a campanha RECICLÓLEO e instalar Pontos de Entrega Voluntária, PEVs, em todas as unidades de saúde, escolas municipais, parques, clubes e demais próprios municipais. O vereador visitou a usina de produção do sabão e acompanhou um estudo realizado pela entidade na cidade, que mantém alguns pontos de coleta em supermercados, que aponta que apenas 2% do óleo utilizado nas residências é reciclado. “Com a ação expandida aos próprios municipais podemos chegar a 10% dos resíduos reciclados até 2020, com a instalação de cerca de 200 PEVs”, explicou o vereador. A parceria possibilitaria a coleta e destinação sustentável para o óleo usado. “Cada litro de óleo descartado irregularmente pode contaminar 25 mil litros de água”, explicou o presidente do Instituto Triângulo, Eduardo Maki. A destinação correta do produto reduz a emissão de gases de efeito estufa, cada litro de óleo reduz 12,8 kg/CO2 de gases; evita entupimento das tubulações e reduz a proliferação de vetores. A maior parte do óleo coletado pela entidade, 80%, é utilizado para a produção de biodiesel; e o restante para fazer sabão. “O sabão é produzido na própria usina de reciclagem do Instituto Triângulo, que coleta o material armazenado em garrafas PET que será filtrado, decantado e encaminhado para a produção do sabão ecológico”, destacou o vereador. De acordo com Eduardo, quando o morador leva a doação do óleo já recebe gratuitamente duas pedras de sabão reciclado do próprio óleo vegetal, como incentivo. “Hoje vivemos em redes, porém nunca vi uma rede que incentivasse as donas de casa a participarem de um desenvolvimento mais sustentável, uma rede que pudesse mobilizar as pessoas”, explicou.O projeto que teve início em Santo André ganhou notoriedade sendo reconhecido pela Petrobrás e pela Bunge que passaram a investir no projeto. O Instituto conquistou recursos para montar uma fábrica verde e desde então passou a doar um kit com duas pedras de sabão a cada dois litros de óleo arrecadados. Hoje a ação atravessou fronteiras e conta com 3 mil pontos de coleta de óleo tanto na região metropolitana, quanto fora do Estado em Fortaleza, Salvador, Porto Alegre e Belo Horizonte onde ainda são pilotos.O Instituto Triângulo já preservou ao longo dos anos o equivalente a 53 mil piscinas olímpicas de água, foram mais de 5 milhões de litros de óleo coletados no período e 1,7 milhões de kits de sabão distribuídos gratuitamente a população.

Article Categories:
Geral

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.