fev 17, 2018
1451 visualizado
0 0

Alceu Duran (Macalé) falece aos 83 anos em São Caetano do Sul

Publicado por:

Por Antonio J. Pedroso de Moraes
Faleceu no último dia 10 de fevereiro de 2018, o sempre estimado Alceu Duran (Macalé), nascido em 29/12/1934 em Promissão, no interior do Estado. Alceu Duran, filho de Adelaide de Sousa Marques e Francisco Duran, casado com Thereza Paes Duran, falecida em 31/05/2016. Seu corpo foi velado no Hospital São Caetano e sepultado no dia 11/02/2018 no Cemitério da Saudade Cerâmica.

Macalé parte aos 83 anos de idade, lutando contra o câncer e doença pulmonar, deixando 8 filhos: Milena, Carlos, Roseli, Sandra, Alceu Filho, Silmara, Simone e Marcio, 18 netos e 5 bisnetos. Seu maior Hobbie era cozinhar, adorava fazer Paella, galinhada, peixada e participar de festas em geral. Era um exímio pescador.

Em 1947, Alceu já morava em São Caetano do Sul, na Rua Ingá, sendo seu primeiro emprego de pasteleiro por um ano.
Em 1948 trabalhou de jornaleiro na parte da manhã e vidraceiro na parte da tarde na Av. Goiás por 5 anos.
Em 1956 trabalhou na Indústria Reunidas Francisco Matarazzo como vidraceiro.
No ano de 1958 trabalhou por conta e colocou vidros em varias residências no Vila Gerty e Vila Marlene, em ginásios e grupo escolares.
Em 1960, Alceu mudou-se para Santos, onde nasceu sua filha Sandra e trabalhava ainda como vidraceiro; lá ficou apenas 1 ano.
No ano de 1970 foi empreiteiro da Empresa de Vidros C.V.U em Santo André, onde aprendeu a trabalhar com vidros temperados, tudo isso utilizando seu único meio de transporte, uma bicicleta.
Já em 1976, teve seu negócio próprio, abriu a vidraçaria Macalé Comercio de Vidros e teve seu primeiro carro.
Em 1977, colocou vidros nas cabines de pintura da Fiat em Belo Horizonte, na Volkswagen do Brasil, General Motors, Scania, Ford, Mercedes- Benz, Toyota em São José dos Campos, e numa Fábrica de aviões. Também trabalhou na Ericsson, Fontoura e na Bombril.
Em 1998 colocou vidros na casa de Paulo Maluf, Orestes Quércia, Ronie Von e Faustão no Morumbi.

A sua filha Sandra Regina Barbie Duran, trabalhou muitos anos no Fórum de São Caetano do Sul, onde se aposentou. Assim como seu pai que organizou a primeira Festa Forense de São Caetano, ela também no ano passado realizou a sua última festa como funcionária do Fórum. A família enlutada, as condolências da Tribuna do ABCD. A missa de 7º dia será realizada hoje, às 17h, na Paróquia Nossa Senhora das Dores, Rua Mamede Rocha, 318 na Vila Palmares em Santo André.

Article Tags:
·
Categoria do Artigo:
Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.