banner
jun 10, 2017
3031 Visualizações
0 0

Aspecto prático no evangelismo (1ª Coríntios 9:16)

Escrito por
banner

1. No dia a dia, direta ou indiretamente estamos ligados ao evangelismo. Necessariamente, não é a toda hora falando para esta ou aquela pessoa, mas, no primeiro momento, acontece aquilo que se chama “o evangelho sem palavras”, tão somente pela conduta da pessoa; no segundo livro de Reis, tem-se um testemunho histórico sobre isto: “E ela disse a seu marido: Eis que tenho observado que este que passa sempre por nós é um santo homem de Deus” (II Reis 4:9). Portanto, a mulher sunamita observou algo diferente na vida de Elizeu.
2. O Apóstolo Pedro fala da necessidade de estarmos sempre preparados para responder alguém que há de nos abordar: “antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós” (I Pedro 3:15).
3. Circunstância outra, quando somos orientados pelo Espírito de Deus, e nos aproximamos de alguém para lhe transmitir uma palavra de fé, de salvação, como ocorreu com Filipe, o Evangelista: “E disse o Espírito a Filipe: Aproxima-te e ajunta-te a esse carro” (Atos 8:29).
4. Também, a prática de sempre ter um folheto evangelístico, favorece muito sua entrega em diversos locais que nos dirigimos. Exemplos: quando for abastecer o carro, fazer comprar no mercado e ao passar pelo caixa, ao passar num pedágio, ao assentar com alguém no ônibus; e diversas situações outras, como em pronto socorro, hospitais, sala de espera.
5. Tem-se a partida direta para evangelizar quando se saí em equipe num trabalho de evangelização em uma rua ou bairro. Isto deve ocorrer sempre, no mínimo com duas pessoas como ensinou Jesus mandando os seus discípulos: “e mandou-os adiante da sua face, de dois em dois, a todas as cidades e lugares aonde ele havia de ir” (Lucas 10:1b).
6. Evangelismo em massa. Acontece nas cruzadas de evangelização, especialmente, em Estádios, Ginásios ou Praça Pública. Este tipo de trabalho exige muito esforço de estratégia e planejamento, bem como prévios e longos preparativos, como oração e formação de conselheiros, e material apropriado para ser distribuído aos Novos Decididos e ficha de cadastramento.
7. O evangelismo pessoal é importante e necessário. O próprio Jesus o exerceu, como no caso da mulher samaritana, que Jesus iniciou o seu propósito, com uma abordagem inicial: “Veio uma mulher de Samaria tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber” (João 4:7). Também, outro exemplo de evangelismo pessoal, na vida de Jesus, ocorreu ao ser abordado por Nicodemos o Doutor da Lei: “Jesus respondeu e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo não pode ver o Reino de Deus” (João 3:3). Registra-se também, o evangelismo completo que realizou Filipe, no seu encontro com o eunuco da Etiópia, que vinha da adoração em Jerusalém (Atos 8:26-40).

Categorias de artigos:
Cotidiano
banner

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

The maximum upload file size: 20 MB. You can upload: image, audio, video, document, text, other. Links to YouTube, Facebook, Twitter and other services inserted in the comment text will be automatically embedded. Drop file here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Bem vindo a Tribuna do ABCD

Tribuna do ABCD