banner
dez 2, 2021
1022 Visualizações
0 0

Auxílio emergencial: Cobrança de pagamento indevido chegará por SMS; fique atento

Escrito por
banner

O Ministério da Cidadania vai enviar, até esta terça-feira (30), o terceiro lote de mensagens de celular (SMS) para orientar sobre a devolução voluntária de recursos, denúncia de fraudes ou o pagamento de Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF) referente ao Auxílio Emergencial.

Serão notificados cerca de 625 mil cidadãos Marcello Casal Jr / Agência Brasil© Marcello Casal Jr / Agência Brasil Serão notificados cerca de 625 mil cidadãos Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Receberão as mensagens trabalhadores que declararam o Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), geraram DARF para restituição de parcelas do Auxílio Emergencial, mas ainda não efetuaram o pagamento, e quem recebeu recursos de forma indevida por não se enquadrar nos critérios de elegibilidade do programa.

Também terão de devolver os recursos pessoas que recebem um segundo benefício assistencial, como aposentadoria, seguro desemprego ou Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda; quem tem vínculo empregatício na data do requerimento do Auxílio Emergencial e as pessoas identificadas com renda incompatível com o recebimento.

Serão notificados cerca de 625 mil cidadãos que devem restituir os recursos à União. Estão na lista de pessoas que vão receber a mensagem beneficiários do Auxílio Emergencial que integram o público do Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família).

As mensagens enviadas têm o registro do CPF do beneficiário e o link iniciado por gov.br. As notificações são enviadas pelos números 28041 ou 28042. Qualquer SMS enviado de números diferentes desses, com essa finalidade, deve ser desconsiderado.

Segundo o Ministério da Cidadania, após o envio do primeiro e do segundo lotes de mensagens foram devolvidos aos cofres públicos cerca de R$ 66,3 milhões entre 18 de agosto a 18 de novembro.

“Este será o terceiro lote de mensagens de 2021. O objetivo é reforçar as orientações divulgadas por meio das mensagens encaminhadas em agosto e outubro”, explica Ronaldo Navarro, secretário de Avaliação e Gestão da Informação do Ministério da Cidadania, em nota.

Categorias de artigos:
Geral
banner

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

The maximum upload file size: 20 MB. You can upload: image, audio, video, document, text, other. Links to YouTube, Facebook, Twitter and other services inserted in the comment text will be automatically embedded. Drop file here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Bem vindo a Tribuna do ABCD

Tribuna do ABCD