jun 17, 2020
266 visualizado
0 0

Devido à retomada do comércio, seis cidades já colocaram mais carros em circulação nas ruas

Publicado por:

Com a flexibilização da economia em toda região, o serviço de transporte coletivo de seis das sete cidades – Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá e Ribeirão Pires – também se prepara para receber mais passageiros e em diferentes horários. A expectativa é que, de forma gradativa, os ônibus voltem a rodar de acordo com a necessidade – a exceção é São Bernardo, que anunciou que 100% da frota já está na rua.

O Consórcio Intermunicipal do Grande ABC anunciou, em março, o realinhamento nas frotas e decidiu que o transporte coletivo municipal funcionaria de segunda a sexta-feira com 50% da capacidade nos horários de pico e 30% nos demais períodos. Aos fins de semana e feriados, a frota seria de 30% nos horários de maior movimento e de 15% no restante do dia.

Os municípios vão monitorar durante a semana as 210 linhas que atendem à região, a fim de evitar aglomerações e excesso de lotação, incluindo novos carros na frota na medida em que tenha necessidade.

Em Santo André, por exemplo, até sexta-feira 168 ônibus operavam na cidade e, desde ontem, houve aumento de 35% na frota, ou seja, eram 225 veículos de 48 linhas.

São Bernardo informou que a frota de ônibus municipais voltou a circular com 100% de sua capacidade desde ontem. Ao todo, são operadas 68 linhas na cidade.

Já São Caetano oferece, ao todo, 48 veículos para circulação. No início da quarentena a frota circulava com 40% da capacidade durante a semana e 30% aos fins de semana e feriados. Ontem, o município informou que aumentou a circulação da frota para 50%.

Em Mauá, a frota aumentou para 70% ontem e, se houver aumento significativo da demanda, novos ônibus vão circular. Também de forma gradativa, Ribeirão Pires divulgou que o serviço deve ser realizado com 70% da frota nos horários de pico e de 50% nos demais horários. Aos fins de semana e feriados, a frota deve ser de 50% nos horários de pico e de 35% nos demais horários. Diadema não divulgou mudança e informou que a retomada ocorrerá conforme for observada a demanda dos passageiros, sendo baseada exclusivamente no comportamento dos usuários e procura pelo serviço.

Rio Grande da Serra não informou como o sistema público de transporte vai reagir à flexibilização até o fechamento desta edição.

Categoria do Artigo:
Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.