ago 8, 2020
346 visualizado
0 0

Dois diários do cacete

Publicado por:

Há dois empresários do ramo jornalístico, que diariamente vivem na base do “o sujo falando do mal lavado”.
Para estes dois jornalecos caro leitor, vou tentar explicar o que acontece: o primeiro (sujo) xinga o prefeito de São Caetano do Sul, José Auricchio Jr., porque seu dono é acusado de um suposto desvio de R$ 1,2 milhão de reais da Prefeitura de São Caetano do Sul, durante a gestão do ex-prefeito, Dr. Paulo Nunes Pinheiro, o “sujo”, quando dirigia uma entidade decadente, resolveu se proclamar o herói do Natal sulsancaetanense, promovendo a “Campanha Natal Iluminado”. O segundo (mal lavado) esteve preso em Curitiba e seu jornal, e agora lascar o cacete no emotivo prefeito de São Bernardo, Orlando Morando a quem “puxava o saco”. Seu dono foi preso durante a Operação Lava Jato, pelo envolvimento em um esquema de corrupção instalado no setor de transportes públicos de Santo André. Hoje respira a liberdade xingando sem muita responsabilidade.
O que tem a ver com isso, o probo prefeito Auricchio que faz pela terceira vez uma de suas melhores gestões, com o suposto desvio de R$1,2 milhão dos cofres da administração pública, via “Natal Iluminado”?
Ah! Prefeito, processar o cartunista Fernando do Diário; estaremos retornando aos tempos da ditadura e trazendo a tona o famoso “O Pasquim”.

Article Tags:
· · ·
Categoria do Artigo:
Editorial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.