jul 17, 2020
99 visualizado
0 0

Equipes de tecnologia da Prefeitura de São Caetano e Via Varejo conhecem projetos da competição Technovation

Publicado por:

Depois de participarem de algumas eliminatórias da competição internacional Technovation Girls, a maior competição de tecnologia do mundo destinada exclusivamente a meninas, as estudantes da rede pública de São Caetano do Sul tiveram nesta terça-feira (14/7) a oportunidade de mostrar seus projetos à DTI (Divisão de Tecnologia da Informação), SAESA (Sistema de Água, Esgoto e Saneamento Ambiental) e Via Varejo.

Durante reunião remota com a professora Léia Bastos, mentora e grande incentivadora do projeto, professor Wesley Adriano Martins Dourado, diretor da Escola Municipal de Informática, os representantes do DTI Raphael Volpi, Viviane Aparecida Marto do Prado e Leonel Fraga de Oliveira, e Júlio Castro, assessor de TI do SAESA, ouviram atentamente a apresentação da equipe que criou um aplicativo, chamado Jammed Trash, ensinando o usuário a descartar o lixo reciclável de forma correta, reaproveitar materiais e conhecer o  destino do lixo. “Com essa apresentação, as meninas têm a oportunidade de se aproximar tanto do DTI quanto do SAESA percebendo como funciona na prática o produto que elas desenvolveram e a possibilidade de ser aplicado no município”, explicou Léia.

Depois de apresentarem seus projetos a uma banca avaliadora, que mesmo sem caráter seletivo trouxe representantes de diversas áreas públicas, a equipe que desenvolveu o app sobre reciclagem teve a oportunidade de falar como o projeto pode auxiliar a administração pública e moradores no descarte de lixo reciclável. “Muita pesquisa e estudo foram necessários para que o grupo chegasse ao app que pode ajudar a prefeitura e os munícipes no descarte correto do lixo“, explicou Wesley.

Neste primeiro momento o aplicativo selecionou dois produtos: óleo e papelão. Ao clicar no produto, o morador acessaria o local mais próximo de descarte e, ao fazê-lo, começaria acumular pontos que serviriam para desconto na taxa de lixo. O usuário também encontra dicas de como reaproveitar o óleo e o papelão. “Vamos fazer mais reuniões com as meninas para que elas entendam como funciona a regulamentação de um projeto e todos os passos para que ele se torne solução e, quem sabe, possa ser utilizado pela Prefeitura”, explicou Raphael Volpi.

VIA VAREJO

No fim do dia, uma reunião online reuniu quase 50 pessoas, cinco grupos de estudantes acompanhadas de seus mentores da Prefeitura, que apresentaram seus aplicativos para a equipe de TI da Via Varejo com profissionais da área de programação e desenvolvimento. A cada apresentação, líderes da empresa fizeram considerações, pontuaram oportunidades e sugeriram caminhos para as estudantes aperfeiçoarem ainda mais seus projetos.

Em conjunto com a Via Varejo que faz parte do Conselho Municipal de Inovação, encontraram na reunião online uma maneira dos profissionais de TI da empresa oferecerem mentoria para as alunas criando uma conexão e agilidade no processo.

“Quando conheci o projeto através do Secretário de Educação Fabricio Coutinho, eu fui atrás para entender melhor como eu poderia ajudar. E, uma das possibilidades era de alguma maneira, começar a colocar em prática as ideias e projeto delas. Um dos caminhos foi conversar com a iniciativa privada. Na cidade temos o Conselho Municipal de Inovação, apresentei o projeto para todos”, explicou Luiz Gustavo Morcelli, subsecretário de Tecnologia e Inovação.

Foram apresentados cinco apps: projeto Resgate aos Animais (que ajuda a resgatar animais perdidos); Don’t Sink (informa sobre pontos de enchentes e onde ajudar quem perdeu tudo); Vênus (sobre segurança da mulher mostrando mapa com índices de assédio da sua localidade); Wower (ajudar mulheres praticarem esportes tendo uma vida mais saudável) e Scout (que ajuda a procurar pessoas desaparecidas e leva-las de volta ao lar)

A live do evento está disponível no canal do Youtube da Via Varejo https://www.youtube.com/watch?v=QMDrdAKMeMs.

SOBRE A TECHNOVATION GIRLS

A Technovation Girls é uma competição de tecnologia criada para estimular as mulheres a entrarem no campo da tecnologia. As meninas participantes têm o desafio de desenvolver aplicativos com propósito social.

Categoria do Artigo:
São Caetano Do sul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.