banner
abr 22, 2017
1982 Visualizações
0 0

“Filippi estava tão ávido pelo dinheiro que antes de o dinheiro chegar ele já ia buscar”

Escrito por
banner

Filippi negou irregularidade no pleito pelas redes sociais

O ex-prefeito de Diadema por três mandatos, José de Filippi, foi citado em delações de ex-executivos da Odebrecht, por suposto recebimento de recursos ilegais em campanhas eleitorais. No último mandato do prefeito José de Filippi, em 2006, o chefe do executivo de Diadema exerceu a função de tesoureiro do projeto de reeleição do então presidente Lula. Conforme o depoimento do ex-executivo da Odebrecht, Hilberto Mascarenhas, que comandava o departamento de operações estruturadas, Filippi, como tesoureiro, recebia o montante da propina, pessoalmente, para ser utilizada na campanha de Lula. “Ele (Filippi) estava tão ávido pelo dinheiro que, antes de o dinheiro chegar ele já ía buscar. Filippi ficava na porta do local esperando a autorização para entrar e pegar”, explicou Mascarenhas, que não menciona, no entanto, quais seriam os valores no total. Filippi afirmou que, em 2006, encontrou duas vezes os executivos da Odebrecht.

Categorias de artigos:
Cotidiano · Destaque
banner

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

The maximum upload file size: 20 MB. You can upload: image, audio, video, document, text, other. Links to YouTube, Facebook, Twitter and other services inserted in the comment text will be automatically embedded. Drop file here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Bem vindo a Tribuna do ABCD

Tribuna do ABCD