abr 3, 2021
140 visualizado
0 0

Município de Diadema falha na fiscalização para conter a propagação da Covid-19

Publicado por:

Sem fiscalização, o município de Diadema acumula estabelecimentos não essenciais funcionando normalmente, além disso, de atividades consideradas essenciais atuando após as 17h, o que contraria as medidas anunciadas de forma conjunta com os demais municípios, por meio do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, no último dia 22.
De acordo com decreto diademense para regulamentação das medidas acordadas, está proibido o funcionamento de estabelecimentos não essenciais após as 17h, com exceção aos relacionados à saúde. Entre os comércios autorizados somente até o horário estão supermercados, padarias, açougues, oficinas, postos de combustível, entre outros.
Passando pela região central da cidade, por exemplo, é possível verificar o descumprimento das medidas por parte significativa dos comerciantes. Diante da falta de fiscalização, muitos optam por manter as atividades mesmo de forma irregular. Estamos passando por um momento muito difícil, as vendas caíram muito na pandemia. Se temos a possibilidade de continuar funcionando, vamos continuar.
“É difícil o comércio que vai abrir mão disso, sem fiscalização”, comentou um proprietário de estabelecimento localizado na avenida Antônio Piranga, que não quis se identificar.

Categoria do Artigo:
Diadema

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.