fev 8, 2022
147 Visualizações
0 0

Palmeiras vence Al Ahly e vai à final do Mundial

Escrito por
banner

O Palmeiras está na final do Mundial de Clubes da Fifa. Na tarde desta terça-feira, 8, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, o Verdão quebrou o tabu de nunca ter marcado gol no torneio, mandou logo duas bolas na rede do Al Ahly e se garantiu na decisão da competição, sábado. Falta definir agora quem será o adversário. Nesta quarta, às 13h30, Chelsea-ING e Al Hilal-SAU medem forças de decidem o segundo finalista.

Se o treinador do Al Ahly, Pitso Mosimane, afirmou que sabia como o Palmeiras jogaria e que o time do Egito iria atropelar o representante do Brasil, o português Abel Ferreira mostrou em campo que também estudou muito o adversário. O Alviverde adotou marcação avançada e encaixotou o adversário, que se viu sem ação.

Com o controle das ações e mais posse de bola, faltava ao Verdão assustar o goleiro adversário. Porque, do outro lado, a zaga do Al Ahly também fazia um bom serviço. Até que, depois de tanto buscar encontrar espaço, aos 38 minutos Dudu deu passe preciso em profundidade para Raphael Veiga, que bateu na saída de Ali Lotfi: 1 a 0.

Na segunda etapa, o Al Ahly teve de mudar a postura e se lançou mais ao ataque. Consequentemente, deu os espaços que o Palmeiras tanto queria. E na base da velocidade, Dudu avançou desde o meio-de-campo, invadiu a área e bateu cruzado, no alto, sem chance para o goleiro adversário: 2 a 0.

A vantagem no placar fez o Alviverde mudar um pouco a postura, deixando o Al Ahly trabalhar mais a bola. E o time egípcio, que não estava ali à toa, passou a levar perigo para o Palmeiras. Ibrahim e Fathi, duas vezes, levaram perigo a Weverton. Pitso Mosimane passou a mexer no time egípcio e lançou alguns atletas que estavam com a seleção nacional na disputa da Copa Africana de Nações, melhorando o toque de bola e as investidas da equipe. Tanto que, aos 26, Sherif contou com erro de Weverton e diminuiu – o gol, entretanto, foi anulado por impedimento.

Abel Ferreira passou a mexer no Palmeiras, até para já dar descanso para alguns jogadores, de olho no jogo de sábado. O Al Ahly, porém, não se dava por vencido. Pelo contrário. Levava muito a sério. Tanto que, aos 35, Ashraf foi expulso após carrinho desleal em Rony.

Nos dois últimos minutos, Weverton e o travessão ainda salvaram o Palmeiras do pior. Era como se nada fosse possível tirar a vaga do Verdão. Final: 2 a 0.

Fonte: DGABC
Etiquetas do artigo:
· ·
Categorias de artigos:
Geral
banner

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

The maximum upload file size: 100 MB. You can upload: image, audio, video, document, text, other. Links to YouTube, Facebook, Twitter and other services inserted in the comment text will be automatically embedded. Drop file here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Bem vindo a Tribuna do ABCD

Tribuna do ABCD