ago 31, 2019
489 visualizado
0 0

Prefeito Auricchio recebe aplausos ao final da Festa Italiana

Publicado por:

São Caetano do Sul se transformou em um cantinho da Itália no mês de agosto. Resgatando as origens da cidade, a 27ª edição da Festa Italiana levou para o Bairro da Fundação o melhor da gastronomia e da música do País da Bota. Combinação que resultou em público recorde: 70 mil pessoas passaram pela Praça Comendador Ermelino Matarazzo nos quatro fins de semana do evento, sendo 10 mil somente no encerramento, domingo (25/8).
O prefeito Auricchio anunciou que trabalhará para transformar a Festa Italiana em bem imaterial, assegurando a sua realização anual por lei. “Esta é a maior Festa Italiana de rua do Brasil. Sucesso de público, gastronômico e cultural. Um patrimônio de São Caetano do Sul”, justificou o chefe do Executivo, ao agradecer aos mais de mil voluntários e 400 funcionários que trabalharam na organização, foi aplaudido pela multidão.
Autoridades como o senador José Serra e os deputados Alex Manente (federal) e Thiago Auricchio (estadual) prestigiaram o último fim de semana. “A sensação de estar em São Caetano é previsível: acolhida carinhosa e calorosa, mesmo em uma noite fria”, destacou José Serra, que visitou a Festa no sábado (24/8). “O caminhar pelas ruas torna evidente a satisfação das pessoas com o prefeito Auricchio, fruto de uma gestão eficiente, voltada ao bem-estar da população”, concluiu.
Lasanha, nhoque, capeletti, cannnoli e muitas outras delícias integraram os cardápios das 26 barracas de comidas e bebidas típicas, mantidas por entidades assistenciais da cidade. Juntas, elas arrecadaram mais de R$ 3 milhões durante os quatro fins de semana, dinheiro que fará a diferença na manutenção dos espaços e serviços.
Na parte musical também não faltou variedade. No último fim de semana subiram ao palco Elcio Julio Show, Banda Itália Brasil, Dança Carnaval em Verona, A Bella e os Tenores, Ballet Nostra Italia, Ricardo Bombarda, Escola Municipal de Bailado Laura Thomé (com o Ballet Sandra Amaral) e o cantor Fred Rovella, cujo show teve a participação especial de Sérgio Reis.
“Tenho sangue italiano. Meus avós vieram da Itália em 1905. E esta é uma festa lindíssima da minha colônia, capisce?”, afirmou Sérgio Reis, que entoou sucessos como Menino da Porteira e Panela Velha, muitos em italiano. A presença do cantor animou os fãs. Aos 94 anos, Micéas Furnil esbanjou empolgação. “É a quarta vez que estou em um show dele, a primeira aqui em São Caetano”, revelou a senhora, que se emocionou ao visitar o camarim e conseguir uma foto com o ídolo. “Eu adoro o Sérgio Reis”, explicou.

Categoria do Artigo:
Geral · São Caetano Do sul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.