banner
jul 28, 2020
888 Visualizações
0 0

São Caetano do Sul chega aos 143 anos de progresso

Escrito por
banner

Hoje, dia 28 de julho, São Caetano do Sul continuará em ritmo feliz. Talvez isso tenha acontecido há 143 anos, quando os saudosos fundadores italianos chegaram na antiga Fazenda São Caetano. Faziam parte da primeira leva de imigrantes, da Província de Treviso, os seguintes chefes de família: Antonio Gallo, Antonio Martorelli, Antonio Garbelotto, Caetano Garbelotti, Celeste Pantallo, Domenico Bottan, Domenico Perin, Eliseo Leoni, Emílio Rossi, Francesco Bortolini, Francesco Fiorotti, Francesco De Martini, Filippe Roveri, Giácomo Dalcin, Giovanni Moretti, Giuseppe Braido, Giovanni Pe- rucchi, Giovani De Nardi, Giovanni Thomé, Giuseppe De Savi, Giuseppe Salla, Luigi D’Agostini, Modesto Castelotti, Natale Furlan, Pietro Pessotti, Paolo Martorelli, Pasquale Cavana e Tom-maso Thomé. Crescendo sempre, hoje a cidade é um exemplo a ser seguido por outras em qualquer parte do mundo. O poder público Municipal, desde que São Caetano se eman- cipou de Santo André, em 24 de outubro de 1948, foi ocupado por homens probos como os prefeitos: Ângelo Raphael Pellegrino, Anacleto Campanella, Oswaldo Samuel Massei, Hermógenes Walter Braido, Raimundo da Cunha Leite, João Dal’Mas, Antonio José Dall’Anese, Luiz Olinto Tortorello, Silvio Torres, Dr. Paulo Pinheiro e Dr. José Auricchio Júnior. Dotada de todas as melhorias que uma cidade necessita, neste dia 28 de julho devemos cumprimentar o prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior, pelas centenas de benfeitorias realizadas em nossa cidade ao longo destes 3 anos e 7 meses de mandato.

Categorias de artigos:
Editorial
banner

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

The maximum upload file size: 20 MB. You can upload: image, audio, video, document, text, other. Links to YouTube, Facebook, Twitter and other services inserted in the comment text will be automatically embedded. Drop file here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Bem vindo a Tribuna do ABCD

Tribuna do ABCD