jul 11, 2020
182 visualizado
0 0

Uma Feroz Crítica Lisonjeadora

Publicado por:

Já faz muito tempo, conheci um escritor de estilo singular. Soube que, quando na ativa – hoje está aposentado – foi um jornalista destemido, sem medo da verdade e atacava, nos seus artigos, quem bem merecesse. Fosse quem fosse, se ele julgava que o cidadão andava fora dos trilhos, caia na sua língua (escrita) afiada.
Criou desafetos políticos, religiosos, artistas, poetas, escritores e nem jornalistas escapavam das suas investidas. Com o tempo, também conheciseus colegas de escrita, de quem ouvi elogios a ele que tocariam até mesmo os mais avessos a elogios. Disseram-me que além de bom escritor, Aristides Theodoro era também um bom crítico literário, pois falava apenas a verdade. Se gosta de um obra, sobra elogios ao autor. Mas, se o texto é ruim, não lhe faltam palavras para fazer uma crítica dura ao escritor.
É por ter a boca (a datilografia – ele ainda não usa computador) ferina que fez muitos inimigos. Tempo depois, desejei passar pela análise literário do feroz crítico. Hesitei no primeiro momento.
Mas, curioso para saber a opinião do severo crítico, tomei coragem, liguei para Aristides Theodoro e pedi permissão para lhe enviar um texto para ele ler e fazer uma crítica.
Pediu que mandasse por e-mail do Ozanã Torquato, seu amigo e vizinho escritor. Anotei o e-mail do seu amigo e enviei. Uma semana depois, liguei, apreensivo, de volta para Aristides Theodoro, para ouvir a sua crítica. Ele atendeu, me identifiquei e perguntei sobre o que achara do meu texto.
Não fez cerimônia e foi logo dizendo, “Li e não gostei. Está cheio de erros e defeitos, mas você tem potencial para ser um escritor. Mas, você, meu caro Paulo Hijo, comete as mesmas falhas e erros do Machado de Assis.” Até hoje não sei se devo entrar em choque ou se devo me sentir engrandecido com a tal crítica.
Paulo Moriassu Hijo é membro da APL – Academia Popular de Letras

Categoria do Artigo:
Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.