Maio 22, 2020
64 visualizado
0 0

Fábrica da Volks em São Bernardo terá retorno escalonado de funcionários

Publicado por:

A Volkswagen escalonou o retorno dos tra­ba­lha­dores da fábrica de São Ber­nardo, que teve a produ­ção interrompida no dia 23 de março por conta da pandemia do novo coronavírus.

As atividades seriam reto­madas na próxima segun­da-feira (25). Porém, a ante­cipação para o mesmo dia do feriado da Revolução Cons­tituciona­lista (9 de julho) – anunciada pe­lo governo do Estado para evitar a decre­tação do lockdown – forçou a mudança no calendário.

Assim, os trabalhadores da montagem final voltarão à fábrica no dia 1º de ju­nho. A área de ferramentaria tem retorno previsto para o dia 26, e os setores de estamparia, pintu­ra e armação, para o dia 28.

“Os dias não trabalhados se­­rão computados no banco de horas”, explicou o coordenador da Comissão Sindical de Empresa (CSE) na Volks­, Wagner Lima, em vídeo publicado nas redes sociais. Lima pe­diu aos funcionários para permanecer em casa no feriado prolongado.

Os trabalhadores da Volks permaneceram em férias coletivas até o final de abril. No dia 20 daquele mês apro­varam acordo – baseado na Medida Provisória (MP) 936 – com redução de 30% na jornada de trabalho sem impac­to nos salários líquidos dos cerca de 9 mil funcionários.

Atualmente, a unidade do ABC produz a picape compacta Saveiro, o hatch Polo e o sedã Virtus. No retorno, porém, o foco deve ser a produção do Nivus, uti­litário esportivo (SUV) de­senvolvido no Brasil que tem lançamento previsto pa­ra o final deste semestre.

Os funcionários da fábrica da Volks em São José dos Pi­nhais (PR) voltaram ao tra­balho na última segunda-feira (18). As demais unidades fabris da empresa – localizadas em Taubaté e São Carlos, ambas no Estado de São Paulo – têm previsão de retorno à ope­ração no final deste mês.

GENERAL MOTORS

A General Motors também retomou na última se­gunda-feira a produção da fábrica de São Caetano. O retorno está sendo gradual. No início, apenas o primeiro turno da fábrica foi reativado.

As atividades estão focadas na montagem do novo Tracker, SUV lançada pela marca Chevrolet no início do período da quarentena.

A primeira montadora com unidade no ABC a reiniciar a produção após a parada decorrente da pandemia foi a Scania, no dia 27 de abril. No dia 11 de maio foi a vez da Mercedes-Benz.

Todas têm em comum a adoção de rígido protocolo de segurança que tem como objetivo manter o novo co­ronavírus fora de suas ins­talações, para prevenir a pro­pagação do patógeno dentro da empresa e gerenciar casos suspeitos ou confirmados.

Categoria do Artigo:
Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.