banner
jan 29, 2022
520 Visualizações
0 0

Amigo verdadeiro

Escrito por
banner

Quando pequenos, nos ensinam o ato do compartilhamento e da coletividade, com esses gestos descobrimos o quão bem nos faz trocar tais coisas ou sentimentos com determinadas pessoas e assim, aprendemos o papel e o valor de uma amizade.
Como já dizia a canção de Milton Nascimento, “Amigo é coisa pra se guardar, debaixo de sete chaves, dentro do coração… Mas quem cantava chorou, ao ver o seu amigo partir… Qualquer dia, amigo, eu volto, a te encontrar, qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar…”, talvez essa letra seja o verdadeiro hino sobre amizade e o compartilhamento de sentimentos, principalmente o da solidão, mas nos permite uma breve reflexão sobre a alegria e tristeza.
E se tem uma coisa que meu pai achava que valia mais que mil diamantes era a amizade, em reuniões familiares ríamos quando ele dizia “fulano é meu amigo”, e eu questionadora, o perguntava “amigo de onde? Porque eu tenho 33 anos e nunca vi essa criatura”, e lá ele contava sobre esse amigo e as peripécias, e de fato se conheciam ou foram amigos, mas por algum motivo acabaram se distanciando.
Em todos esses anos, me lembro vagamente de seus amigos verdadeiros e de pessoas que ele tinha verdadeiro apreço e respeito. Mesmo que o tempo, a distância e diversos acontecimentos tenham os separados, o destino se encarregou de recriar esses elos novamente e de certa forma, isso acalma o meu coração, em saber que pelo menos no outro plano ele não está sozinho.
Porque neste tempo, eu aprendi que amizade não é só alguém que ande com você ou que você confia. Dizem que amigos verdadeiros podem passar longos períodos sem se verem e jamais questionar essa amizade. Quando eles se encontram, independente do tempo e da distância, parecem que se viram recentemente, e nunca guardam mágoas/rancor.
Então meu caro amigo leitor, eis alguns conselhos… dê o seu melhor ao seu amigo, ou a quem for, porque como diria o velho ditado popular “depois não adianta chorar sobre o leite derramado”, porque “rei morto, rei posto”.

Etiquetas do artigo:
· ·
Categorias de artigos:
Destaque · Editorial
banner

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

The maximum upload file size: 20 MB. You can upload: image, audio, video, document, text, other. Links to YouTube, Facebook, Twitter and other services inserted in the comment text will be automatically embedded. Drop file here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Bem vindo a Tribuna do ABCD

Tribuna do ABCD