banner
dez 18, 2021
673 Visualizações
0 0

Diadema firma parceria com Instituto Federal de São Paulo para viabilizar aplicativo de venda e entrega de comida “Rango das Quebradas”

Escrito por
banner

A Prefeitura de Diadema assinou na Fundação Florestan Fernandes, o Acordo de Cooperação Técnica sem Transferência de Recursos Financeiros com o IFSP (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo) para a promoção do evento “1º Desafio de Inovação do IFSP em Diadema – Projeto “Rango das Quebradas”, voltado para identificar ideias e desenvolver uma plataforma de venda e entrega de comida (aplicativo). O evento contou com a participação do assessor especial para projeto estratégicos, Mário Reali (representando o Prefeito José de Filippi Jr.), do chefe de Gabinete do Instituto Federal, Rafael Alves da Silva, do secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Joel Fonseca, da secretária de Planejamento e Gestão Pública, Fátima Queiroz (“Fatinha”) e do diretor-presidente da Fundação Florestan Fernandes, Manoel Eduardo Marinho (Maninho). O Rango é uma realização conjunta entre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho e o IFSP. “A implantação do Rango das Quebradas está no nosso programa de governo, é um projeto estratégico para a cidade. Queremos que a tecnologia seja aliada das pessoas na qualidade de vida e geração de renda, e não o contrário”, afirma Reali. Ele lembrou também que o município foi pioneiro no ABCD ao elaborar o 1 Censo de Desenvolvimento Econômico de Diadema, durante a primeira gestão do prefeito José de Filippi Júnior. O objetivo do Desafio é criar um dispositivo tecnológico que beneficie os pequenos comércios de bairro de Diadema do ramo alimentício (restaurantes, padarias, mercados, hortifruti, etc) e os entregadores que se utilizam de bicicletas ou veículos automotores, organizados em cooperativas, associações ou outros empreendimentos autogestionários. Para, Joel Fonseca, o Desafio vai alterar e tornar mais justa a cultura do sistema dos aplicativos. “A idéia é que modelo de inovação do Desafio, utilizado para os aplicativos, possa ser utilizado de forma semelhante para outros segmentos econômicos da cidade, para gerar mais trabalho e renda”, disse. Rafael Alves da Silva vai além: “O empreendedorismo tem de consolidar a cultura de economia solidária, ele não pode apenas ser uma opção para absorver os desempregados”, afirma.

Categorias de artigos:
Diadema
banner

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

The maximum upload file size: 20 MB. You can upload: image, audio, video, document, text, other. Links to YouTube, Facebook, Twitter and other services inserted in the comment text will be automatically embedded. Drop file here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Bem vindo a Tribuna do ABCD

Tribuna do ABCD