abr 14, 2020
252 visualizado
1 0

Entenda por que São Caetano se tornou exemplo no enfrentamento à pandemia

Publicado por:

Uma pandemia jamais vivida pela atual geração tem desafiado governos de todo o mundo. Muitos países foram surpreendidos pela rapidez de transmissão e letalidade do coronavírus, enquanto outros agiram de forma mais eficiente. No Brasil, com a chance de aprender com as experiências em outros continentes, apresentam-se gestões públicas com diferentes resultados. Mas um dos melhores exemplos tem sido a cidade de São Caetano do Sul.

Com uma administração que se demonstrou organizada, a Prefeitura de São Caetano vem tomando diversas decisões importantes no enfrentamento da Covid-19. As ações vão desde a gestão da Saúde até a adoção de medidas econômicas, passando por operações emergenciais na Educação, Assistência Social e outras formas de prevenção.

“Estamos acima de tudo cuidando de vidas. Sou um prefeito médico e me sinto com uma responsabilidade ainda maior. É uma situação extremamente complexa para todos, mas precisamos tomar decisões importantes e diariamente. Meu primeiro critério, repito, é a preservação de vidas”, afirma o prefeito José Auricchio Júnior.

A cidade apresenta características que exigem ainda mais atenção da sua Prefeitura. São Caetano tem uma dais maiores densidades demográficas do país, com 160 mil habitantes em uma área total de 15 km². Muito propício para a propagação do vírus. Além disso, grande parte da população é de idosos (cerca de 25% com mais de 60 anos) – faixa etária mais afetada com gravidade pela Covid-19.

Conheça as medidas tomadas pelo governo municipal para enfrentar a pandemia:

Gestão organizada na área da Saúde
Em poucos dias, logo aos primeiros sinais de alerta da doença no Brasil, a Prefeitura de São Caetano já começou a tomar atitudes, como compras preventivas de máscaras e outros equipamentos. Em seguida, dobrou o número de leitos públicos de UTI, de 40 para 80, além de criar uma ala exclusiva de enfermaria para casos de coronavírus. Convocou massivamente os profissionais da Saúde. Anunciou a instalação de um hospital de campanha nas dependências do Hospital São Caetano e disponibilizou R$ 10 milhões para a Saúde, exclusivamente para a pandemia.

Busca por soluções inovadoras
Com a situação crítica de forma generalizada, São Caetano demonstra capacidade de apresentar soluções inovadoras. Um exemplo é o Disque Coronavírus, feito em parceria com a escola de medicina da USCS (Universidade Municipal de São Caetano do Sul) e a USP (Universidade de São Paulo). O programa faz triagem médica por internet e telefone, para depois disponibilizar um sistema de auto coleta de exame na residência do morador que apresenta sintomas da Covid-19. Os contatos são 0800 774 4002 e conorasaocaetano.org. Governo do Estado admitiu que conhecer o modelo para aplicar em outras cidades.

O município do Grande ABC também implantou o Programa Escuta, com atendimento psicológico para os profissionais da Saúde. Foram detectados vários casos de estresse no trabalho diário contra a pandemia.

Transparência nas informações
São Caetano distribui diariamente um boletim que disponibiliza vários dados sobre o coronavírus na cidade. O modelo recebeu elogios do Tribunal de Contas do Estado pela transparência e qualidade das informações. Além disso, a Prefeitura também realiza lives em redes sociais em que o prefeito, secretários e profissionais da Saúde comentam a situação da doença no município e tiram dúvidas da população. Outro trabalho efetivo tem sido o da equipe de assessoria de imprensa, em contato diuturno com todos os veículos de comunicação, para mantê-los sempre atualizados.

Precisão nas tomadas de decisão
Por meio de decretos e outras tomadas de decisão, o prefeito Auricchio demonstra atitude de enfrentamento. Esteve entre as primeiras cidades a suspender aulas, instalar estado de calamidade pública e adotar o isolamento social, com fechamento de parques e comércios com grande aglomeração de pessoas. Chegou a lacrar estabelecimentos logo nos primeiros dias de decreto.

Também tem promovido bloqueios de trânsito para efeito de conscientização da população e limitação da circulação em áreas comerciais. Lançou o programa Guardiões da Vida, com equipes que vão às ruas explicar para as pessoas a importância de ficarem em casa nesse momento. Outra medida é a sanitização das ruas, com caminhões pipa que lançam uma solução de água e cloro nas vias públicas.

Com as aulas suspensas, a Prefeitura adotou o programa Educação Conectada, junto com o Google For Education, para disponibilizar aulas online para os alunos da rede municipal.

Alinhamento com o Governo estadual
Para tantas medidas difíceis, principalmente em relação ao isolamento social, São Caetano tem a vantagem de manter um alinhamento afinado com o Governo do Estado de São Paulo. Assim, as ações municipais passam a ser respaldadas pela gestão João Doria Junior, ganhando mais força e relevância.

A questão social
A cidade conta com três pontos para doação de alimentos e produtos de limpeza e higiene sem a necessidade de sair do carro. É o Drive Thru da Solidariedade, instalado no Atende Fácil (Rua Major Carlo Del Prete, 651, Centro), Teatro Paulo Machado de Carvalho (Alameda Conde de Porto Alegre, 840, Bairro Olímpico), e na EMEF Leandro Klein (Rua Prestes Maia, 100, Bairro Nova Gerty). A arrecadação segue para o Banco de Alimentos, do Fundo Social de Solidariedade.

A Prefeitura também criou o Programa Refeição Escolar em Casa, atendendo com uma cesta de alimentos a cerca de 1.100 alunos, que estão com aulas suspensas desde 23 de março. O critério é a renda familiar.

Medidas econômicas
Os efeitos da pandemia têm gerado uma crise econômica que afeta empresas, arrecadação pública e, principalmente, os empregados e empreendedores. Para minimizar tais efeitos, São Caetano adotou medidas como isenções de tarifa de água e esgoto e da taxa do lixo, antecipação do 13º salário do servidor público (pago em 31 de março) e campanhas de motivação para o comércio local e suas modalidades online e delivery.

Também propôs a suspensão da cobrança de ISS durante os meses de maio e junho. Outra ação importante é a implantação de um Programa Municipal de Microcrédito voltado aos empreendedores da cidade.

Servidores comprometidos
O prefeito de São Caetano destaca a atuação de todos os servidores municipais que desempenham um trabalho marcante nesse momento “triste e histórico”. “Conto com uma equipe muito comprometida. Como prefeito, agradeço a cada funcionário que está colaborando nesse momento difícil, sobretudo os da Saúde, e tenho certeza de que os moradores também saberão reconhecer a todos que estão trabalhando com tanta dedicação para enfrentar esse vírus”, diz Auricchio.

Categoria do Artigo:
São Caetano Do sul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.