banner
set 7, 2022
401 Visualizações
0 0

Espectro autista garante acompanhante especializado

Escrito por
banner

A lei que instituiu a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista garante às crianças e adolescentes do ensino regular (ensino pré-escolar, básico/fundamental e médio/secundário) o direito a acompanhante especializado em caso de comprovada necessidade, atestada pelo médico do aluno (artigo 3º, § único, da Lei 12.764/2012). Nem sempre este direito é respeitado, contudo, podendo ser necessário o processo judicial para resguardar o direito da criança e do adolescente.
O Tribunal de Justiça de São Paulo, em decisão provisória (acolhendo pedido liminar, pendente de confirmação) datada de 19.8.2022, reconheceu que não é suficiente o acompanhamento por um monitor não especializado (sem formação específica), na medida em que o atendimento demanda conhecimento específico para ser eficaz no tratamento do espectro autista. É direito do aluno o atendimento verdadeiramente eficiente e eficaz.
O Tribunal, no entanto, não garantiu atendimento exclusivo, isto é, o profissional poderá atender mais de uma criança simultaneamente (autos nº 2190695-08.2022.8.26.0000) – desde que não prejudique nenhum deles, obviamente.
Fique atento e informado!

* Dr. Paulo Hoffman é Doutor, mestre e especialista pela PUC-São Paulo. Especialista pela Universidade de Milão – Itália. Ex-professor universitário nos cursos de pós-graduação da PUC-SP. Autor de diversos livros.

Categorias de artigos:
Artigo · Geral
banner

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

The maximum upload file size: 20 MB. You can upload: image, audio, video, document, text, other. Links to YouTube, Facebook, Twitter and other services inserted in the comment text will be automatically embedded. Drop file here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Bem vindo a Tribuna do ABCD

Tribuna do ABCD