banner
set 24, 2022
457 Visualizações
0 0

Viveiro de Mudas da Ecovias, Ecopistas e EcoRodovias realiza atividades especiais em comemoração ao 14º aniversário

Escrito por
banner

O Viveiro de Mudas das concessionárias da EcoRodovias, em São Paulo, completa 14 anos com uma programação especial. O aniversário do programa, que emprega 22 pessoas com deficiência na produção das mudas, é no dia 4 de outubro, mas as celebrações começaram na comemoração do dia árvore (21). O que mais chama a atenção sobre o projeto, no entanto, são as histórias de superação e inclusão que ele proporcionou. Atualmente, a equipe é composta por um técnico ambiental, um viveirista e vinte e duas pessoas com deficiências, sendo que cinco deles participam desde o início e tiveram suas vidas completamente transformadas, conquistando uma autonomia que nunca tinham vivenciado antes.
Aline Pereira de Almeida Silva é uma das auxiliares viveirista que está desde o começo. São 14 anos marcantes em sua vida. Ela não esquece de como chegou na empresa. “Vim com ajuda da APAE. Gosto muito do que faço aqui. Aprendo todos os dias. Planto, semeio, faço canteiro, um pouco de tudo e as vezes aplico fora daqui também. Tudo com muita alegria, amor e carinho”.
Basta conversar um pouco com os colaboradores do local para ver que esses sentimentos não são só da Aline. A auxiliar Raphaela de Andrade Kaitzor, fez questão de expressar o que o viveiro de mudas representa na sua vida. “Cheguei aqui em novembro de 2015 e fiz muitos amigos. Cuidar das plantas e ajudar o outro é importante demais. Se você chegar aqui, eu também posso ensinar.”
Com orgulho, Wilson Siqueira, técnico ambiental, destaca a assertividade da metodologia de trabalho. “Contar até hoje com cinco pessoas que estão desde o início do programa é a prova que estamos no caminho certo”.
A rotina mostra que a vivência no trabalho transformou muitas vidas. Wilson conta que alguns deixaram de tomar medicamentos devido à ocupação, outros foram morar sozinhos, compraram a própria casa e se sentem muito capazes. Pela sua relevância na vida dessas pessoas, em 2018, o viveiro recebeu da Organização das Nações Unidas o prêmio “Boas práticas de empregabilidade para trabalhadores com deficiência”, sendo reconhecido na categoria “protagonismo”.
Além do aspecto social, o Viveiro cumpre uma função ambiental de fornecer mudas para os plantios compensatórios que precisam ser realizados no Sistema Anchieta-Imigrantes e no corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto. Com capacidade de produzir até 100 mil plantas por ano, o projeto já gerou mais de 1 milhão de mudas nativas da Mata Atlântica e reflorestou 2 milhões de metros quadrados de áreas verdes.

Categorias de artigos:
Geral
banner

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

The maximum upload file size: 20 MB. You can upload: image, audio, video, document, text, other. Links to YouTube, Facebook, Twitter and other services inserted in the comment text will be automatically embedded. Drop file here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Bem vindo a Tribuna do ABCD

Tribuna do ABCD