banner
fev 17, 2018
1999 Visualizações
0 0

Prefeito Auricchio participa da aula inaugural da “Universidade Aberta da Terceira Idade”

Escrito por
banner

Na semana passada, o primeiro dia de aula da 6ª turma do Programa UniMais (Universidade Aberta da Terceira Idade) foi realizada, no auditório do Campus Barcelona da USCS (Universidade Municipal de São Caetano do Sul). Na cerimônia que oficializou o início do ano letivo dos 60 calouros, o prefeito José Auricchio Júnior enfatizou a importância do rigor técnico aplicado ao curso, reformulado no segundo semestre de 2017: “Aqui, vocês vão encontrar um curso bem estruturado, qualificado, com profissionais de alto nível.

Queremos que, além do aprendizado, vocês possam se integrar, trocar experiências de vida e tirar o máximo proveito disso.” Por meio da parceira da Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul, através da Comtid (Coordenadoria Municipal da Terceira Idade), vinculada à Secretaria de Saúde, e à FAUSCS (Fundação de Apoio à USCS), o programa UniMais oferece aos munícipes acesso totalmente gratuito a atividades artísticas e culturais, que aprimoram o conhecimento e, com isso, a qualidade de vida dos idosos. “A UniMais foi pensada para proporcionar qualidade de vida às pessoas da Terceira Idade. É muito importante, para isso, manter a saúde intelectual com o corpo e a mente em atividade”, diz a secretária de Saúde, Regina Maura Zetone.

Curso da vida: A professora Sueli Ferreira, de “psicologia do curso da vida”, como ela mesma nomeia a sua disciplina, resume a experiência de lecionar para pessoas acima dos 50 anos como gratificante: “Você sente a bagagem dos alunos, as expectativas, necessidades. O interesse deles é grande, eles trazem conteúdo, são aplicados, interessados, críticos. A troca é muito rica.” Josinette Gomes, 51 anos, está em busca de recolocação profissional. Ela fez curso técnico de Secretariado, trabalhou por 7 anos na área e veio cursar a UniMais, para agregar valor ao currículo.

Já Edméa Soares de Moraes, 56 anos, aposentada, trabalhou por mais de 30 anos na área química, com material metalúrgico. Matriculou-se pensando em manter-se na ativa: “É a minha chance de voltar a estudar porque da vida só se leva o conhecimento”, diz Edméa. Com a nova turma, o corpo discente é formado por 600 alunos. Semestralmente é publicado edital com a abertura de inscrições para novas turmas. Além de ser munícipe matriculado em um dos quatro Centros da Terceira Idade (CISE’s) de São Caetano, é preciso ter mais de 50 anos e ser alfabetizado para participar.

Categorias de artigos:
Destaque
banner

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

The maximum upload file size: 20 MB. You can upload: image, audio, video, document, text, other. Links to YouTube, Facebook, Twitter and other services inserted in the comment text will be automatically embedded. Drop file here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Bem vindo a Tribuna do ABCD

Tribuna do ABCD